Trilhando Caminhos depois do Burnout criativo - Marta Eunice Real

Compre O Livro comigo e receba pela Amazon

24/02/2019

Trilhando Caminhos depois do Burnout criativo


Olá meus amores tudo bem?!
Estou vivendo uma fase muito deliciosa que é desacelerar.
Isso veio quando me dei conta do meu Burnout criativo.
Foi difícil entender o que estava passando na minha mente e coração.
Sabe... a depressão, síndrome do panico e ansiedade me ensinaram muito. Muito mesmo. Nesse processo, perguntei ao Universo o que estava acontecendo.

Foi preciso nascer de novo. 

Eliminar várias crenças limitantes (algumas ainda trabalhando confesso) e seguir com meus projetos.

Na correria do dia a dia e tudo o que fazemos, quem nunca se deparou com aquele desânimo naquilo que ama fazer? Eu me encontrei assim algumas vezes. Mas nunca respeitei esse período como estou fazendo agora.

Burnout Crativo é um bloqueio que todo criador pode vir a ter. Amamos o que fazemos mas simplesmente não conseguimos mais. Idéias Estagnadas,a cobrança interna e é Punk mais transformador.
Ele não discrimina ninguém mas é preciso estar atento quando ele chegar. Sabendo lidar com isso, novas rotinas surgem, tudo é ressignificado e claro descobrimos de fato o que e quando fazer!
Estou em um período delicioso onde a criatividade está voltando e está sendo maravilhoso. Com calma!
Tudo passa! Há tempo pra tudo!
A dica de hoje é : Respeite seu tempo.
Respire.
Faça do seu jeito, o jeito que entendeu é o jeito certo.
A mudança está em fazer e não no perguntar. Quem pergunta é a mente mas é o ego que está no controle, a mente que altera a realidade só precisa fazer, experienciar!!
Do seu jeito!! Está sempre tudo certo!!
Pare e desacelere.
Foto de Cristofer Jeschke 
    Uma das primeiras coisas que veio em meu coração foi ficar longe das redes sociais. 
Isso ficou bem claro em Maio de 2018. 
Meses depois, uma vontade absurda de voltar  a criar meus textões e voltar a ser blogueira.
 Que louco isso ne?

E ainda estou na dúvida se mantenho esse perfil aqui mesmo no blogger ou se me jogo no wordpress. 

Mas não sofro mais por nada gente. 
Inclusive em novembro/18 abandonei todas as minhas redes sociais. Ainda não me sentia a vontade. Desistalei todos os aplicativos do celular. 
E acreditem, observei que nunca gostava de expor minha vida. 

Tive que reavaliar tudo para entender meu real significado em estar on line. Apenas quando o Canal cresceu tanto em número de inscritos quanto de visualizações. Me dei conta de que a estratégia que criei em 2017 deu certo, Eu parei mas ele cresceu. Tudo foi premeditado. Um dia conto pra voces.

Mas entendendo minha missão e com isso mais próximo do meu propósito de vida eu percebi que:
NÃO SOU NOVELA.

Sendo assim não há nada para acompanhar. Minha vida é um capítulo onde eu a escrevo cada dia ao abrir os olhos.
Tirei do meu coração, críticas, julgamentos, preconceitos de vez. E isso foi maravilhoso. Sinto que sou Marta Eunice finalmente. Que maravilhoso! 
E entendi que podemos resgatar ou não grandes e velhas amizades, como também criar novos ciclos. Nada é para sempre. Assim como estive compartilhando minha vida para muitas pessoas, hoje Escolho investir cada minuto no meu propósito. E reabrir esse blog faz parte de escolher expor meus aprendizados  visando sempre ajudar alguém. 

E minha vida será 1% de tudo que pretendo mostrar.
Mas ainda não é a hora, não é o momento. Muito menos não sou obrigada (kkk). Tudo ao seu tempo. 
De 2005 há 2019 vivi muitas emoções. E hoje me respeito demais. Foram 14 anos no limbo...no deserto...no poço kkkk
Fico emocionada em ler inúmeros comentários lindos no meu canal do Youtube.
Amores não tenho data pra  voltar a gravar vídeos. A voltar para minhas redes sociais. A ter um Facebook de novo. 
Quando tudo estiver disponível, me refiro a recursos, meios de fazer, volto. 
Não me cobro mais. Isso desgasta. 
Trilhando Caminhos depois do Burnout criativo

1-Fazer pausas é muito necessário. E acreditem. Depois de algum tempo toda a criatividade volta a surgir. E Desenvolver as idéias volta a ser algo delicioso;

2- Entender que se está sobrecarregada é algo fundamental. Além de nos cobrarem por resultados. Eu me cobrava demais também. O Stress levou a um quadro onde minha saúde mereceu total atenção. Por isso não se cobre demais. O que pode ser feito? Se der faça com calma. Se não der, aceite e perdoe essa sua condição atual. Relaxe. Medite e não esqueça de respirar.

3-Aprenda a dizer não.
Isso tem muito a ver com o que voce quer em contrapartida com sua realidade. No Youtube prometi e iniciei vários projetos que não tinham condições de segui-los. Então porque começar hein? Hoje eu faço um planejamento com etapas e ciclos fechados. aprendi a dizer não a necessidade de ser uma mulher maravilha sabe; Menos Marta..Menos kkk

4- Siga seu coração.
Os especialistas dizem que uma das "curas" é se manter sociável vai ser mais simples ter ideias “fora da caixa”. Mas optei por ficar longe. Assim não cairia em tentação. Faria tudo no meu tempo. E sofria menos com as cobranças. 

5- Aproveitei para criar novos hábitos Tente dormir um determinado número de horas, não salte refeições, apanhe ar todos os dias e acima de tudo tire sempre algum tempo para si e para as pessoas de quem gosta. Eis o segredo da felicidade. A nossa rotina dá muitas inspirações para artigos e posts, porque mostra o que conhecemos, o que nos provoca ou nos incomoda e faz refletir. 

-Estou ressignificando minha vida e entender que há tempo pra tudo foi libertador.
-Ligar o foda-se, cura a depressão e ansiedade
-Viver o agora te ensina muito
-Com o passar dos meses, sinto e recebo com alegria todos os insigths(MANTENHA UM CADERNO DE IDEIAS).
-As mudanças para melhor. Maturidade. Conexão com minha vida, minha casa, e Meu EU.
-O que lhe trará mais propriedade para ser , ter e viver seu Eu verdadeiro.

Dar um tempo ás vezes é apenas o que voce precisa para colocar a vida nos eixos
Um artigo maravilhoso do site https://comunidade.rockcontent.com/burnout/
nos apresenta  um estudo feito em 2014 pela Universidade de Zaragoza, na Espanha, e muitos outros reforçam ou complementam suas ideias, como é o caso dos 12 estágios do burnout do artigo publicado na Scientific American

Veja se você se identifica com algum deles:
  1. compulsão por autoafirmação: quer ser considerado o melhor , fazer o melhorn as plataformas de conteúdo, por exemplo;
  1. trabalha arduamente: não consegue desligar a “chavinha” ou desacelerar no fim de semana;
  1. negligencia suas necessidades primárias: alô, banho! Também não dorme nem se alimenta direito;
  1. deslocamento de problemas: você começa a ter problemas em outras áreas da vida e uma sensação de pânico começa a aparecer sem uma razão aparente;
  1. mudança de valores: começa a achar que se relacionar com familiares, passear com o cachorro e tomar aquela água de coco no fim do dia na praia são coisas irrelevantes, muito mais maneiro é ficar colado nos jobs;
  1. negação do problema crescente: se alguém menciona que você está muito estressado e mantendo uma relação nada saudável com o trabalho, discorda fervorosamente;
  1. adeus à vida social: você se retira da vida social, preferindo outras maneiras de aliviar o estresse da rotina que também não fazem bem para sua saúde;
  1. mudanças drásticas do comportamento: a preocupação dos parentes e amigos é crescente em relação às suas mudanças comportamentais e de valores;
  1. despersonalização: você deixa de se enxergar como um indivíduo, entra no modo automático e não vê mais valor em outras atividades e relações. Está bem próximo de um zumbi;
  1. sensação de vazio: nenhuma atividade dá prazer ou parece agregar valor a você, então, começa a buscar experiências muito além do convencional para encontrar satisfação;
  1. depressão: sente-se perdido, incerto, exausto e sem perspectivas para o futuro; e
  1. Síndrome de Burnout: os sintomas tornam-se uma desordem mental, com efeitos físicos alarmantes, sendo necessária uma intervenção médica.

Você não necessariamente viverá todas elas, mas qualquer identificação deve ligar o alerta para que soluções sejam tomadas.
Amores a titia aqui precisou chegar em um esgotamento físico e mental para se reinventar. Por isso o motivo desse textão de hoje. Se eu entendesse desde o começo o que estava acontecendo talvez os danos seriam mais leves.  
Outro lado importante foi entender que as vezes aquilo que queremos não faz mais sentido. Pode ser que se torne um desejo ardente de novo, quando estiver tudo nos trilhos ou simplesmente não voltar mais.

Foi uma surpresa pra mim editar mais de 100giga de arquivos de vídeos  . Editei tudo e uma playlist completa está editada. Parei para arrumar o Notebook e encontrei várias idéias . Que estou desenvolvendo, sem me preocupar se serão publicadas. Não estipulei data. Nadinha. 
O caminho que está seguindo é revelador. E estou muito satisfeita.
Em paz! 
Um cheiro! 

💌: Contato: martaeunicereal@gmail.com

🌹 Instagram 💎  Youtube  🌻  Twitter
 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
🎁 Caixa Postal 101 Caucaia-CE Cep: 61600-970 
 Namastê!🙏

Nenhum comentário

Gotas de felicidade!
Adoro quando leio seu comentário!
Obrigada pelo carinho!